quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Parque nacional da Serra da Bodoquena


A Lobo Guará bike adventure está planejando colocar na sua grade, outro passeio com bike também com seu projeto "essa muda pega" pedalando e plantando. Quando falei com o Marcio que a gente mais queria era pedalar ele programou nos levar nesse passeio ainda experimental.



Saímos de Bonito as 7hs da manhã com destino uma fazenda que fica ha 50k da cidade. Marcio, Martin João e eu. O percurso com subidas e descidas, sempre na estrada de terra. A medida que nos afastamos de Bonito a vegetação aumenta e a paisagem aos poucos vai mudando.



Com direito a várias paradas, vários furos, que muitas vezes foram bem oportunos; na frente de mangueiras carregadas.


Um pouco antes da hora do almoço chegamos a fazenda do Marcio, um simpático fazendeiro que está disposto a investir em ecoturismo. Comemos descansamos para a tarde seguirmos para o Parque Nacional da Serra da Bodoquena.


O parque fora aprovado a pouco, na região ainda existe gado dos antigos donos das terras. A devastação que se faz para a agropecuária choca.

O parque ainda não está aberto para visitação, mas o Marcio, "seus" ciclistas e suas mudas são muito bem vindos. Ali o projeto pedalando e plantando vai fazer toda a diferença. Três mudas foram plantadas na mata ciliar ao lado do rio perdido (é um rio que curiosamente desaparece subterraneamente e reaparece alguns quilometros depois) Inauguramos o projeto e sonhamos para que essas três mudas sejam apenas as primeiras de milhares que a Lobo Guará irá plantar.


Claro que ainda tiveram vários furos.
No passeio vimos araras, tatus e até o maior mamífero terrestre brasileiro; uma anta!
Seguimos pela mata para ver o rio perdido aparecer. Depois do grande passeio pelo parque e missão cumprida com o plantio as árvores, voltamos pedalando para a fazenda.


Assim termina nossa aventura em Bonito, cheia de emoções, muita bike e novos amigos.
As amizades feitas sobre duas rodas são as que percorrem as mais longas distâncias.
Obrigada Marcio, Martin, Rudimar e a todos que deixaram Bonito maravilhoso!
Já temos saudades.

4 comentários:

alexandre adm disse...

Luli, é demais este lugar né?
Que bom que conseguiu fazer os passeios de bike! Depois me passe o contato do Marcio para poder enviar clientes para ele.
Neste Rio Perdido já mergulhei nele em 2006 - 2007. Entramos pelo sumidouro e exploramos, cabeamos e mapeamos boa parte do trecho subterrâneo. Ficamos umas 05 horas em cada mergulho que fizemos. É outro mundo! Bj
Ale

Anônimo disse...

E que tal o X-Tatu ? Gostoso ?

Cristina Gushiken disse...

Luli... Sempre postando estórias e relatos inspiradores :-) Valeu lindinha ! bjs

João Marinho disse...

''Obrigada Marcio, Martin, Rudimar e a todos que deixaram Bonito maravilhoso!
Já temos saudades''!!!