quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Eu queria te contar...

O ultimo dia de 2014 amanheceu nublado como meu estado de espirito nos últimos meses. Como você mesmo ensinou não que seja mau tempo mas apenas uma condição diferente dele.

Esse ano a passagem foi bem diferente das outras, como se não quisesse que o relógio andasse tive medo de seguir adiante e deixar o passado para trás.

Fui em busca da conexão, nos últimos tempos encontro ela em silencio, em lugares inóspitos ou isolados, sempre perto de natureza. Vi os fogos de artificio refletidos em um lago de uma noite sem vento, à distância. Os estouros ouviam se de longe assim como a contagem regressiva da virada, um som afastado e abafado. Como estar vendo o espetáculo e não fazer parte dele.
O primeiro minuto de 2015 me trouxe lágrimas aos olhos.

Eu queria te contar...

Logo depois da meia noite decidi correr, conversar com deus. Escolhi uma trilha sinuosa ao lado de um campo de golfe. Totalmente no escuro, através das nuvens não densas vez ou outra era possível ver uma tímida lua crescente.

Não fazia sentido nada mais. Apenas correr. Correr no limite. Foram oito tiros de 800 metros. Eu queria te contar que entro em 2015 ainda mais nessa busca de conexão com a natureza, com deus, comigo mesma. Da conexão plena com o instante presente. Joie de vivre.

Eu queria te contar...

Mas correndo percebi que não era preciso, você estava ali comigo, me puxando, me desafiando a me desafiar. Quase as duas horas da manhã, esbaforida depois dos últimos metros do sprint, escuto um passaro cantar. No escuro do alto de uma árvore no meio da noite. (!) Dois mil e quinze chegou.

Eu queria te contar que seu espirito está tatuado na minha alma, que carrego comigo as aventuras passadas e nas futuras te levarei junto. E tenha certeza não ha tempo e nem passagem que faça mudar!

Até sempre!

6 comentários:

licacox disse...

Sempreeeeeeee!!! Um abracao bem bem apertado e cheio de amor eterno!!!!!

IronMena disse...

Lindo Luli!

Um beijinho muito grande para você...

Fatima disse...

Lindo, Luli! Estando só, você sabe que sempre terá muito boas companhias! Quem semeia o bem, só pode colher o melhor! Um grande e especial Ano prá você! Love U too, indeed!

Carlos Mo disse...

Essa busca pela conexão que faz nós vivemos
Otimo anooooooo

Martha Cristel disse...

Lindo luli! Emocionante! Me imaginei vivendo esse momento enquanto vc contava!
Bjo grande!!

FRINXAS disse...

Não escrevo o que me vai na alma pois sei que iria ferir sentimentos de alguns, mas Luli... :(
O que mais me custa são todas as vezes que poderia lá estar para "lhe contar" e por uma razão ou outra não fui, e agora me arrependo.

BOM ANO 2015 PARA TI