quarta-feira, 17 de julho de 2013

GIGATHLON - RELATO 1o dia de prova

CHUR - CHUR
O primeiro dia de prova é para descobrir o tamanho da encrenca que a gente se meteu!

A Dri abriu a prova com os 85 k de roadbike bem variados em altimetria com 1650 de ascensão sob a torcida do resto da equipe Pati nossa apoio e nutricionista e eu. Logo depois de nos despedirmos da Dri, Pati e eu seguimos para outra cidadezinha onde seria a área de transição.

A Dri chegou do primeiro trecho de roadbike muito cansada, disse que passou por lugares maravilhosos mas sofreu com as subidas no asfalto.

Minha estréia na natação quebrou o medo que eu tinha das águas gélidas. Na véspera quando anunciaram que a temperatura iria estar em torno dos 18 graus os Suíços comemoraram!
(melhor nem comentar...)
O caso é que foi bem mais tranquilo que eu imaginava.



Nadei os quase 3 k em um lago de águas cristalinas e fundo cheio de vegetação, o que ia me distraindo a cada braçada. Em uma hora saí da água. A Dri me esperava na transição para ajudar a me trocar para o trecho de trekking.


O trecho de trekking era de 11 com um acumulado de 1500m de desnível. A bagagem da Transalpine (prova de corrida que fizemos no ano passado) fez com que a subida íngrime não fosse surpresa, coberta de neve garantia uma vista de tirar o fôlego atingindo o ponto mais alto da prova a 2.681 m.



Do topo peguei a gôndola para descer e passar o "bastão" para Dri que seguiu para o mountain bike: 39 quilômetros enganavam na altimetria, apesar de descer muito, trechos bem técnicos em single tracks exigiam habilidades dos bikers.


Da transição seguinte saí para 18 k de patins. O tabu das descidas se desfez como o da água gelada. logo no primeiro quilômetro fui praticamente obrigada aprender a frear os patins; uma descida enorme seguida por uma curva e entrada em um tunelzinho de passagem subterrânea. Talvez por algum mecanismo do nosso corpo frear deixa de ser uma opção e vira sobrevivência.

Chegando ao acampamento quase mato as meninas que ainda não estavam prontas para a chegada do primeiro dia, foi um corre corre que só e no pórtico rolou a dancinha da Flower People, a estréia da Pati!

12.40 h de competição, num dia curto (159 k) de quilometragem comparado com os seguintes. Isso já anunciava que a brincadeira seria longa! Melhor se preparar!




6 comentários:

Tiago disse...

Forçaaaaaaaaaaaa!!!!

marcio, o canadense disse...

e ai? Como estao indo? Forca mulherada!!!
Vai com tudo espozinha. Amo vcs

FRINXAS disse...

Eu não consegueria decorar todo esse desporto!!!!

NÓS QUEREMO É VER O "ISPID" (speed) LOL

Arnaldo - Olhando disse...

A Segunda já foi, agora vem a Terça com mais um pouquinho de força, prá frente meninas, falta pouco, beijos

Viviane Favery Costa disse...

Que legaaaaaal!!! Mto show meninas, aguardando o resto do relato!!!

Anônimo disse...

Mulheres... " MARAVILHA!!!!!!!
Incrível relato!!!!!
Parabens Bjs
Mami Lica