quinta-feira, 11 de junho de 2015

Peregrinando! Navasfrías à Guarda * bike trip Day 2

Acordei arrumando a corrente da minha bicicleta. Dessa vez não precisei da pedra porque tinha as ferramentas do dono da casa rural, mas ainda assim precisei da minha tesoura.
A saída do pequeno vilarejo de Navasfrías já foi por vielas de terra, e o percurso seguiu assim 80% do dia.


Não demorou muito cruzei a fronteira de Portugal. Me senti em casa. Comerçaram os vilarejos feitos de pedra, as fontes de água pelo meio do caminho, pequenos paralelepípedos, estreitos caminhos. O paisagismo variado dos campos verdes, plantações e campos amarelos de trigo me trouxeram uma paz que me fez esquecer o peso da mochila e o destino, estava ali a passeio e o mundo parecia todo meu.

Minha alma é mais portuguesa que francesa ou holandesa, talvez meu bisavô esteja mais carregado nos genes dos que os outros, ou talvez fossem os passarinhos, um caminho inóspito ou o dia, o fato é que estava totalmente conectada com o caminho.
De alma cheia.


Passei por muitos Vilarejos e claro que em nenhum deles tinha restaurante, só cafés. Num deles que perguntei se tinha comida e não conseguia parar de olhar para o prato bem servido que esposo da dona do café comia. "Batatas!" Como eu queria uma batata e um peixinho.

Sem sucesso depois de uma coca- cola, segui viagem comendo o pouco que levava comigo; salgadinho, balas e azeitonas. Só fui conseguir almoçar no destino final Guarda, uma cidade grande (levando em consideração os vilarejos, não são Paulo!) Depois da parada no Mc Donalds (não me recriminem) resolvi achar um hotel um pouco afastado da cidade. Sessenta quilometros rodados em um caminho mágico. Que amanhã seja igual!

5 comentários:

licacox disse...

Sr Bentinho atacou....

Adriana Dalman Boccia disse...

Que delícia, tô amando. Conta mais, não vejo a hora da Flower People Team, entrar em ação.

Vai com os ANJOS!!!

margarida disse...

Luli, nos cafés pode pedir (se tiver vontade, claro) para fazerem uma sandes com queijo ou fiambre ou carne assada. Em muitos desses cafés de beira de estrada eles fazem sem problema! Que bom saber que gosta do meu país : )
Boa viagem!
Um abraço,
Margarida

Fabiana PONTES disse...

Boa viagem, Luli! Vamos acompanhando daqui as aventuras. Bjs, Fabi

Azelha P disse...

mac donalds?!
Ninguem vai a guarda para comer no Mcdonalds.
Bom passeio :-)